Pesquisar No Site

Profissionais da rede municipal de Caraguatatuba recebem capacitação sobre prevenção da Covid-19

Publicado em: 12/03/2020
Profissionais da rede municipal de Caraguatatuba recebem capacitação sobre prevenção da Covid-19
Profissionais da rede municipal de Caraguatatuba recebem capacitação sobre prevenção da Covid-19

Supervisores e diretores de todas as escolas da rede municipal participaram de uma capacitação, focada na importância e nos métodos de prevenção do coronavírus (Covid-19), da equipe da Vigilância Epidemiológica (VE) da Secretaria de Saúde (Sesau) de Caraguatatuba nesta quinta-feira (12) na Secretaria de Educação (Seduc).

#PraCegoVer: Em pé, a secretaria de Educação, Márcia Paiva, fala ao público presente no Salão Monteiro Lobato da Seduc (Foto: Divulgação/PMC)

A capacitação, que foi realizada no Salão Monteiro Lobato da Seduc, contou ainda com a presença da secretária de Educação, Márcia Paiva, e a secretária adjunta de Saúde, Derci Andolfo.

Érika Tessari, médica da equipe da VE, explicou aos educadores os cuidados iniciais e medidas que devém ser tomadas nas escolas. “O melhor a se fazer neste momento, em relação ao coronavírus, é a prevenção”, disse.

A médica também abordou como assunto, os sintomas da doença e quais pacientes se enquadram como casos suspeitos. “A pessoa precisa ter febre e mais um sintoma respiratório, como tosse e coriza, e ter voltado de uma viagem a 14 dias de algum país com contágio da doença”.

Segundo ela, “estar com os sintomas e ter tido contato com algum paciente suspeito ou confirmado com Covid-19, também se torna um caso suspeito”. “O que mais impressiona é a velocidade de contágio da Covid-19 e o tempo que o vírus sobrevive em um ambiente, que é de 24 horas”, ressaltou.

Os profissionais de educação receberam informações sobre notificações e recomendações da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo sobre hábitos que devém ser adotados por alunos e professores para evitar a transmissão, caso houver um surto da doença no país.

Entre as principais recomendações estão: evitar o compartilhamento de utensílios pessoais, como copos e escovas de dente; lavar sempre as mãos com água e sabão; evitar aglomerações; realizar regularmente a limpeza da escola, principalmente em lugares que as pessoas passam as mãos, como maçanetas e corrimões.

Outra preocupação é sobre o período de incubação da doença, que dura 14 dias. ”Neste período a pessoa não transmite a doença”, salientou Érika Tessari, que também foi questionada pelos profissionais sobre a quarentena. “Serve apenas para pessoas que apresentam os sintomas e que viajaram para algum país que apresentou casos da doença”.

A meta da Secretaria de Saúde é conduzir com mais tranquilidade a disseminação da doença. Para isso, é fundamental que a população siga todas as orientações de prevenção que podem acalmar a situação.

A secretaria adjunta de Saúde, Derci Andolfo, disse que “os hábitos de higiene precisam ser passados para as crianças e principalmente para os pais”. Ela acrescentou que “se proteger é melhor maneira de acabar com o vírus”.

Aplicativo para celular sobre Covid-19

#PraCegoVer: Imagem mostra o aplicativo produzido pelo Ministério da Saúde para o combate ao coronavírus (Foto: Divulgação)

Desde o início do mês, o Ministério da Saúde disponibilizou em lojas de aplicativo de celular, o ‘Coronavírus – SUS’, um canal de fácil acesso para com informações úteis para combate e prevenção da doença.

Através da plataforma multifuncional é possível obter informações e tirar dúvidas sobre sintomas, prevenção e outras informações relevantes como unidades de saúde próximas e notícias oficiais.

Com tudo, a principal função do software é a análise da condição de saúde do usuário. Ao abrir o aplicativo, a pessoa se depara com um questionário, que pergunta se ela está bem ou não. Depois disso, ela irá passar por uma triagem para apontar quais sintomas o usuário sente no momento.

Antecipação da Campanha de Vacinação contra gripe

A Prefeitura de Caraguatatuba realiza no período de 23 de março a 22 de maio a imunização contra gripe, com o dia “D” mobilização nacional programado para o dia 9 de maio.

O Ministério da Saúde tomou a decisão de realizar esta campanha com um mês de antecedência, que acontecia em abril, pela atual situação em o que o mundo passa no combate a Covid-19, apesar desta vacina não prevenir contra esse novo vírus.

O que se pretende com a antecipação é proteger a população contra a influenza e reduzir a carga da circulação, além de minimizar o impacto sobre os serviços de saúde. Importante lembrar, que os sintomas da doença são semelhantes aos do coronavírus.

A influenza é uma infecção causada por um vírus que afeta o sistema respiratório, que é transmitido através de secreções de uma pessoa contaminada para outra, ao espirrar, falar ou tossir, ou por meio das mãos que, após o contato com superfícies recentemente contaminadas por secreções de um indivíduo infectado, levam a mão suja diretamente para a boca, nariz e olhos.

#PraCegoVer: A secretaria adjunta de Saúde, Derci Andolfo, dá explicações sobre o coronavírus aos profissionais de educação (Foto: Divulgação/PMC)

A Campanha de Vacinação contra gripe será divida em três fases, sendo a primeira para idosos e profissionais da Saúde, que será iniciada no dia 23 de março. Os trabalhadores de saúde dos serviços públicos e privados deverão receber a vacina influenza. O profissional precisar apresentar um documento que comprove sua atuação na área da saúde.

Pessoas com mais de 60 anos ou mais deverão receber a vacina influenza, mediante apresentação de documento que comprove a idade.

A segunda fase da campanha, com início no dia 16 de abril, será destina a todos os professores das escolas públicas e privadas e profissionais de segurança e salvamento.

Crianças de seis meses a menores de seis anos (cinco anos, 11 meses e 29 dias); gestantes, em qualquer período de gestação; puérperas, mulheres no período até 45 dias após o parto; indivíduos de 55 anos a 59; pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais fazem parte do grupo da terceira fase, que será iniciada no dia 9 de maio.

A Vigilância Epidemiológica da Sesau ressaltou que a vacina é contraindica para menores de 6 meses, pessoas que possuem alergia severa ao ovo e que tenham tido relações anafiláticas em doses anteriores.

 

Gabriel Batalha
Jornalista Responsável: Acácio Gomes
Informações para a Imprensa (12) 3897-5650 ou jornalismo@caraguatatuaba.sp.gov.br

Mais Notícias

Veja Também Recentes

Massaguaçu recebe serviços de nivelamento, prevenção contra enchentes e Bota-fora
Massaguaçu recebe serviços de nivelamento, prevenção contra enchentes e Bota-fora

A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Serviços Públicos (Sesep), realiza diversas ações no bairro Massaguaçu, localizado na Região Norte da cidade. Iniciando os trabalhos, a equipe Regional Norte da Sesep realiza o desassoreamento e desobstrução do Rio Negro. O trabalho tem o objetivo de prevenir contra enchentes,

Leia Mais Notícias Secretaria de Serviços Públicos Publicado em 07/05/2020
Policiamento de Caraguatatuba já recebeu cerca de 400 máscaras do Fundo Social
Policiamento de Caraguatatuba já recebeu cerca de 400 máscaras do Fundo Social

O Fundo Social de Caraguatatuba doou 50 máscaras descartáveis à equipe da Polícia Civil, na última quinta-feira (30/4). Em março, 300 máscaras de tecido já haviam sido entregues a corporação. A Prefeitura de Caraguatatuba decretou a partir desta segunda-feira (4/5), o uso obrigatório de máscaras de proteção mesmo, que de

Leia Mais Notícias Fundo Social Publicado em 04/05/2020
Prefeitura de Caraguatatuba negocia contato com prestador de serviços para preservar empregos e manter renda
Prefeitura de Caraguatatuba negocia contrato com prestador de serviços para preservar empregos e manter renda

A Prefeitura de Caraguatatuba, buscando alternativas para preservação de empregos e renda, negociou a redução do contrato de prestação de serviços com a terceirizada MilClean, atual responsável pelo serviço de higienização das unidades escolares do município. A empresa MilClean firmou um acordo com os trabalhadores baseado nos termos da Medida

Leia Mais Notícias Secretaria de Educação Publicado em 06/05/2020
Prefeitura de Caraguatatuba realiza distribuição de material pedagógico para alunos da rede municipal
Prefeitura de Caraguatatuba realiza distribuição de material pedagógico para alunos da rede municipal

Para apoiar a aprendizagem dos estudantes durante a quarentena, a Secretaria de Educação de Caraguatatuba, distribui a partir desta terça-feira (19), kits com materiais pedagógicos. São apostilas de matemática, língua portuguesa e manual de orientações às famílias que servirão de subsídio aos estudos. A distribuição dos materiais será realizada nas

Leia Mais Notícias Secretaria de Educação Publicado em 18/05/2020
Prefeito anuncia medidas de flexibilização da atividade econômica a partir de 1º de junho
Prefeito anuncia medidas de flexibilização da atividade econômica a partir de 1º de junho

O prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, anunciou na tarde desta quarta-feira (27/05) as regras de isolamento seletivo, com permissão de flexibilização no funcionamento de atividades econômicas do município a partir de 1º de junho. Trata-se do Plano de Retomada Econômica de Caraguatatuba. A cidade foi classificada pelo Governo do Estado

Leia Mais Notícias Gabinete do Prefeito Publicado em 29/05/2020