Pesquisar No Site

Estratégia e monitoramento colocam Caraguatatuba no topo do ranking de erradicação do trabalho infantil

Destaques
Estratégia e monitoramento colocam Caraguatatuba no topo do ranking de erradicação do trabalho infantil
Estratégia e monitoramento colocam Caraguatatuba no topo do ranking de erradicação do trabalho infantil

A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, trabalha diariamente na erradicação do trabalho infantil no município.

O serviço é liderado pelo Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, o PETI. O programa tem como objetivo contribuir para a identificação e retirada de crianças e adolescentes com menos de 16 anos em situação de trabalho, com exceção da condição de aprendiz, a partir dos 14 anos.

O programa trabalha através das ações estratégicas utilizando informação, mobilização, identificação, proteção social, apoio, defesa, responsabilização e monitoramento do trabalho infantil em Caraguatatuba para evitar a exploração do trabalho infantil.

Todo o trabalho e resultado colocaram Caraguatatuba como líder no ranking de cidades do Estado de São Paulo, com ações efetivas e no monitoramento do trabalho infantil. O município foi a cidade que mais efetivou as ações e registrou no sistema de monitoramento de combate ao trabalho infantil em todo o Estado.

Estratégia e monitoramento colocam Caraguatatuba no topo do ranking de erradicação do trabalho infantil

#PraTodosVerem: 1º Encontro Estadual AEPETI realizado em São Carlos, com a participação de Caraguatatuba (Foto: Divulgação/PMC)

O ranking foi definido durante 1º Encontro Estadual AEPETI, no relatório do 1º semestre de 2022, do Sistema de Monitoramento do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (SIMPETI). O evento foi realizado em São Carlos, com mais de 80 municípios do Estado de São Paulo.

No período entre junho de 2021 até agosto de 2022, o plano de ação do município identificou 28 casos de trabalho infantil no município, sendo sete de crianças entre 0 a 13 anos, seis de 14 a 15 anos e 15 de adolescentes entre 16 e 18 anos.

Segundo a assessora de governança da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, Mariana Cestari, o trabalho infantil contribui para reprodução do ciclo da pobreza intergeracional que muitas famílias vivenciam.

“Muitas vezes, as crianças que trabalham têm pais e mães que passaram por isso na infância e permanecem em situação de vulnerabilidade na vida adulta, tendo como consequência o prejuízo causado pelo trabalho infantil no processo de escolarização. Crianças tem que brincar e estudar”, reforça.

Desde agosto de 2021, o PETI de Caraguatatuba vem disseminando conhecimento sobre o tema, dessa forma, iniciou-se uma intensa agenda socioassistencial e intersetorial de orientações e capacitações sobre o programa e o trabalho infantil, compreendendo perspectivas socioculturais, desenvolvimento, atual realidade e possibilidades. “Nesse processo de constante estudo e atualização foram capacitadas até o momento aproximadamente 700 pessoas, entre profissionais dos serviços socioassistenciais, intersetoriais como conselheiros tutelares, comércio e varejo, aprendizagem, saúde, educação, esporte, cultura, Fundação Casa até universidade e a própria população referenciada”, explica Fernanda de Moura Souza, psicóloga e técnica de referência das Ações Estratégicas do PETI de Caraguatatuba.

“O intenso trabalho de informação e mobilização possibilitou a orientação adequada sobre o que é o programa, o trabalho infantil, quais são os papéis, responsabilidades e políticas públicas da rede socioassistencial e intersetorial na prevenção e erradicação da violação dos direitos de crianças e adolescentes embasados nas diretrizes e normativas do PETI”, complementou.

A técnica finaliza explicando que o PETI é uma força positiva para a mudança da atual perspectiva social sobre trabalho infantil no país. “A interação e participação de todos juntos a essas forças é, dentre outros, um dos caminhos e a possibilidade de uma nova realidade mais protegida, respeitosa e consciente. A continuidade das atividades das ações estratégicas do PETI continuarão em progressista estruturação, manutenção e implantação no ano de 2023”, salientou.

E casos de denúncias de crianças ou adolescente em trabalho infantil, é necessário acionar as equipes de abordagens pelos números (12) 3886-2960, (12) 99794-1465 e (12) 99753-0071. Outra opção é acionar o Conselho Tutelar pelo número (12) 99723-6758.

Mais Notícias

Veja Também Recentes

Último lote de ingressos para o Arena Cross está disponível para troca
Último lote de ingressos para o Arena Cross está disponível para troca

Etapa acontece no dia 25 e ingressos são trocados por arroz ou feijão em uma grande ação social Os fãs do motociclismo que ainda não garantiram seus ingressos para a abertura da temporada 2024 do Arena Cross Brasil ainda têm a possibilidade de confirmar presença no evento que acontece no

Leia Mais Notícias Secretaria de Esportes e Recreação ODS - Objetivo de Desenvolvimento Sustentável ODS 8 - Trabalho decente e crescimento econômico Publicado em 20/05/2024
Prefeitura de Caraguatatuba alerta sobre tentativa de golpe envolvendo regularização fundiária de interesse específico
Prefeitura de Caraguatatuba alerta sobre tentativa de golpe envolvendo regularização fundiária de interesse específico

A Secretaria de Habitação da Prefeitura de Caraguatatuba informa que pessoas procuraram o setor de Grupo de Campo/Processamento da Secretaria da Fazenda na última segunda-feira (13/5), apresentando um título de regularização fundiária de interesse específico com informações inconsistentes em relação ao documento original emitido pela Secretaria responsável pela política habitacional

Leia Mais Notícias Secretaria de Habitação Publicado em 14/05/2024
Prefeitura de Caraguatatuba registra boletim de ocorrência contra beneficiária por venda ilegal de fralda geriátrica
Prefeitura de Caraguatatuba registra boletim de ocorrência contra beneficiária por venda ilegal de fralda geriátrica

A Prefeitura de Caraguatatuba registrou nesta quinta-feira (25), Boletim de Ocorrência contra a responsável por um paciente, beneficiado com a entrega de fraldas geriátricas. A Secretaria de Saúde recebeu a denúncia de que a mulher estava vendendo 12 pacotes de fraldas em um grupo de vendas do facebook, o que

Leia Mais Notícias Secretaria de Saúde ODS - Objetivo de Desenvolvimento Sustentável ODS 16 - Paz, Justiça e Instituições Eficazes Publicado em 25/04/2024
Banco de Leite Humano de Caraguatatuba procura novas doadoras
Banco de Leite Humano de Caraguatatuba procura novas doadoras

Em alusão às datas do Dia Mundial da Doação de Leite Humano (19/5) e Dia da Proteção do Aleitamento Materno (21/5), a Prefeitura de Caraguatatuba reforça importância da captação de novas doadoras de leite materno para suprir a demanda de prematuros da maternidade e da Unidade de Terapia Intensiva (UTI)

Leia Mais Notícias Secretaria de Saúde ODS - Objetivo de Desenvolvimento Sustentável ODS 3 - Saúde e Bem-Estar Publicado em 22/05/2024
Defesa Civil de Caraguatatuba participou de oficina para Operação São Paulo Sem Fogo 2024
Defesa Civil de Caraguatatuba participou de oficina para Operação São Paulo Sem Fogo 2024

Agentes da Defesa Civil de Caraguatatuba participaram de uma Oficina Preparatória para Operação São Paulo Sem Fogo, que foi realizada quinta e sexta-feira (2 e 3), em Tremembé. A capacitação é promovida pela Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil do Estado de São Paulo, em parceria com seus representantes regionais

Leia Mais Notícias Defesa Civil Publicado em 03/05/2024