Newsletter Cadastre-se e receba notícias da Prefeitura de Caraguatatuba





Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner
11/06/2012
Caraguá pressiona Estado a estender contorno da Tamoios

Para a prefeitura, o Contorno Norte, que tem início na rodovia dos Tamoios, deveria chegar até o bairro de Massaguaçu

O governo do Estado vai analisar planos para estender o traçado do Contorno Norte de Caraguatatuba, que faz parte do projeto de duplicação da Rodovia dos Tamoios (SP-99), até o bairro de Massaguaçu.
O estudo também pode considerar mudanças no traçado da nova pista sentido Ubatuba, que passará por fora do centro de Caraguá para desafogar o trânsito interno, no sentido de diminuir o número de desapropriações que a obra pode exigir.
Preliminarmente, o governo do Estado previa cerca de 200 desapropriações com as obras, principalmente nos bairros Ponte Seca, Rio do Ouro, Casa Branca e Olaria.
O traçado inicial proposto para o Contorno Norte, com início no pé da serra, ainda na SP-99, iria até o bairro Martin de Sá.
A pedido do prefeito da cidade, Antonio Carlos da Silva (PSDB), porém, a pista pode ser estendida até o Massaguaçu. “É uma obra muito importante para cidade. Mas não podemos criar outro gargalo, que seria jogar esse tráfego ali na Martin de Sá”, disse o tucano.
“Pedimos, e acho que podemos ser atendidos, para a pista ir até o Massaguaçu. Vale a pena pelo custo-benefício”, disse Antonio Carlos. 

Análise. Os pedidos do prefeito foram feitos esta semana durante a realização de uma audiência pública para discutir o contorno.
“A Dersa (Desenvolvimento Rodoviário) analisará todas as sugestões e possibilidades de alterações de projeto. O objetivo é minimizar os impactos tanto à população, quanto ao meio ambiente”, informou o governo do Estado em nota.
No mês passado, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou que a construção dos contornos viários em Caraguatatuba e São Sebastião começam já neste ano, após pressão dos prefeitos, que temiam que só a duplicação da estrada fosse priorizada no projeto, o que poderia complicar o trânsito nas cidades do litoral. 
O prazo para a construção dos contornos é de três anos.
No trecho de planalto da SP-99, as obras de duplicação já começaram num trecho de 49 quilômetros duplicados entre São José e Paraibuna.
Para a duplicação do trecho de serra, o governo do Estado espera definir um modelo de financiamento para a obra até novembro (leia texto nesta página) e ter o licenciamento ambiental até março de 2013.


Estrada Caraguá-Ubatuba terá melhorias
São José dos Campos

Além do contorno viário, o governador Geraldo Alckmin anunciou investimentos na ordem de R$ 82,7 milhões para melhorar a rodovia Doutor Manoel Hyppolito Rego (SP-55), única ligação entre Caraguatatuba e Ubatuba.
A via deverá ganhar faixas adicionais entre 2012 e 2013, atendendo a pedidos dos prefeitos do Litoral Norte. Durante as temporadas de verão, é comum a formação de congestionamentos na SP-55.
Atualmente, a obra se encontra em fase de contratação do projeto executivo.
O investimento faz parte do programa de recuperação das rodovias estaduais da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, que promete colocar R$ 1,076 bilhão em obras de recuperação, recapeamento e duplicação nas estradas estaduais da região.
Estão previstas, ao todo, 70 obras. O planejamento, segundo informações do governo do Estado, é recuperar 917 quilômetros de rodovias estaduais até 2014.
Entre elas, estão a Rodovia dos Tropeiros (SP-68) e a Estrada Velha (SP-62), entre São José e Taubaté.

SAIBA MAIS

Promessas
- A duplicação da Tamoios é promessa recorrente do governo tucano há 18 anos
- Em 1994, durante campanha, Mário Covas (PSDB) prometeu que viabilizaria as obras de duplicação da Rodovia dos Tamoios, pleito antigo dos prefeitos do Vale
- Em 2002, também durante campanha, o sucesso de Covas, Geraldo Alckmin (PSDB), que tem berço político no Vale do Paraíba, também se comprometeu com a duplicação
- Em 2010, ao voltar a disputar o governo do Estado, Alckmin tomou a duplicação da Tamoios como principal obra a ser realizada em sua gestão

Pacote

- A duplicação da Tamoios começará pelo planalto, num trecho de 49 quilômetros, por R$ 557 milhões. As obras devem durar 20 meses
- A duplicação do trecho de serra está em estudo
- Os contornos viários facilitando o acesso a São Sebastião e Ubatuba, por fora da área urbana de Caraguá, estão em fase final de elaboração de projeto. O governador quer dar início a eles ainda este ano
- A Nova Tamoios deverá custar R$ 4,9 bilhões

 

Fonte: Jornal O Vale

 



Compartilhe:





Comente!






 


Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner Banner
Prefeitura de Caraguá
12 3897.8100
Prefeitura Municipal de Caraguá
Rua Luiz de Passos Júnior, 50 - Centro - CEP: 11660-900